Escolha uma Página

Atendi uma pessoa que lembrou que a vida toda sempre fez tudo para os outros e não havia se dado conta que esqueceu de ser-no-mundo, se afastou de muitos … através da análise percebeu que nos relacionamentos repetia aquilo que a deixou marcada. Quando criança foi acusada de ter “pego” um apontador, o que não fez. Isto a deixou chateada, não apenas por ter sido acusada, mas por não terem acreditado na sua palavra, só percebeu que isto se tornou um trauma no atendimento psicológico, descobrindo que buscava sempre reparar aquilo que não cometeu.