Escolha uma Página

Como compreender o outro?

Vamos pensar nos relacionamentos pessoais e interpessoais, no início, a impressão é que  todos nasceram um para o outro, riem de qualquer coisa, se é uma festa todos se consideram mais que amigos, a consequência é a intimidade e a paixão, isto acontece em todas as faixas etárias. Dividindo por fases, na infância quase tudo é permitido, pois é o momento de experiências supervisionadas pelos pais, professores e outros; na adolescência há a ideia da liberdade e do medo a ser enfrentado, é a fase dos desafios;  e por fim a fase adulta, que para alguns demora a acontecer e para outros não, isto acontece em função dos vínculos, existem alguns indivíduos que corporalmente viveram as fases da infância e da adolescência, mas mentalmente e psicologicamente não, ficaram estagnados nas regras dos pais ou dos líderes, não experimentando, de fato, momentos felizes ou de angústias.

A maturidade é um processo que ocorre de formas e tempos diferentes para cada indivíduo, pois depende das suas experiências pessoais. Infelizmente as repressões robotizam os indivíduos surgindo portanto diversas doenças psicológicas. O maior transtorno é quando pensam poder resolver seus problemas psicológicos, sem a devida supervisão dos profissionais da saúde, através de improvisos, automedicação e inclusive compartilhando suas receitas para a cura.

Assim, para compreender o outro, é necessário a compreensão de si mesmo, o autoconhecimento é que nos mostra que aquilo que está no outro e que mais nos incomoda é algo que está em nós, o que a psicologia denomina projeção.