Escolha uma Página

 

Escuto muito no consultório sobre as relações interpessoais, começando pela família, em seguida na escola, faculdade, cursinho e principalmente sobre os casais.

O maior problema é sobre ser agradável continuamente, mas como diz o ditado “ é raro agradar a gregos e troianos”, a partir daí as interrogações aparecem “ o que estou errando”, “ não sei mais o que fazer para agradar” e tantas outras frases que faz os relacionamentos em geral se desgastar e a consequência é o desfalecimento das energias.

A insegurança e o mecanismo de defesa se tornam contínuos nos relacionamentos, onde as reações terminam em conflitos.

Existem fases para o relacionamento melhorar ou piorar, a qual podemos chamar de luto.

A Primeira é o desespero ou desorientação.

A Segunda é a ansiedade.

A terceira é um vazio.

A quarta é a reorganização.

Este luto não é necessariamente a morte de um ente querido, mas a perda de algo muito importante na sua vida, como um emprego, relacionamento, dinheiro e outros.

É extremamente difícil a elaboração sem um profissional da saúde, como o Psicólogo, Psiquiatra, Médico e os outros para a vida retornar o seu sentido.