Escolha uma Página

O medo está atrelado a fobia, ansiedade, angústia, pânico, pavor noturno, terror, agonia impensável, pesadelo, etc.

O medo da separação da mãe , na dependência absoluta.

Os medos normalmente se iniciam na infância e quando não são tratados perduram pela vida.

Os exemplos mais comuns são: medo de cachorro, de avião, de dentista, de injeção, medo do abandono, da  morte.

O tratamento psicológico ajuda a revelar os medos para a vida seguir com os devidos enfrentamento.

Psicólogo Geovan Farias de Lira CRP 06/50441